Conheça os 10 Melhores Whiskys (Chivas, Jack Daniels e Outros)

WhatsApp As melhores promoções estão na nossa comunidade de WhatsApp WhatsApp Entre Agora

O whisky é uma bebida destilada complexa na produção e no sabor, por isso agrada aos paladares mais exigentes, e é vista como sinal de bom gosto e luxo. Mas, escolher os melhores whiskys, entre tantos disponíveis, pode não ser uma tarefa tão simples, por isso, trazemos todas as informações sobre o destilado.

Ranking com os Melhores Whiskys

  1. Chivas Regal Whisky
  2. Whisky Hibiki Suntory
  3. Whisky Bulleit Bourbon
  4. Whisky Singleton Of Dufftown
  5. Whisky Glenkinchie
  6. Whisky Buchanan’s Deluxe
  7. Whisky Jack Daniels Tennessee Old nº7
  8. Whisky Old Parr
  9. Whisky Ballantines
  10. Whisky Johnnie Walker Red Label

A bebida é de origem escocesa e alguns documentos registram sua existência já em meados de 1400, talvez até antes, quando ainda era conhecida como “água da vida”.

Conhecido pelo sabor forte e aroma suntuoso, o whisky passa por um processo de fabricação rígido, podendo envelhecer em barris de carvalho por até 18 anos e no mínimo 3 anos, o que lhe dá as características de cor e sabor comuns na bebida.

Para não errar na hora de comprar seu whisky, nós investigamos e trazemos a você tudo que precisa saber para escolher os melhores whiskys e arrasar em uma ocasião especial, ou até mesmo iniciar na arte de degustação de whisky, acompanhe!

Como Escolher os Melhores Whiskys

Existe uma diversidade de tipos de whiskys, se você já deu uma espiada por aí, deve ter visto algo como whisky blended, bourbon, single malt e outras nomenclaturas que para uma pessoa leiga pode ser confuso.

Vale lembrar que o país de origem também diz muito sobre a bebida. Mas, fique tranquilo, em seguida vamos explicar cada uma destas características e o que elas representam, de fato, no whisky.

Tipos de Whiskys: Blended, Bourbon, Single Malt e outros

Essas nomenclaturas estão relacionadas ao tipo de produção da bebida, pode indicar o tipo de grão utilizado, o tipo de envelhecimento, país de origem e outros aspectos.

Blended Scotch: Esse é o mais tradicional dos whiskys, que segue o padrão escocês de produção e deve ser produzido no país da Escócia, claro. Não é um padrão tão rígido, já que pode ser feito a partir de qualquer grão (cevada, trigo, etc), maltado ou não maltado.

Eles são maturados em alambiques de cobre e exige-se que sejam envelhecidos em barris de carvalho por no mínimo 3 anos. Não são aceitos muito aditivos, apenas corantes de cor caramelo e água. Os blended scotch são conhecidos como bebidas suaves, com sabor leve e sutil.

Single Malt: Assim como o blend scotch, esse tipo de whisky é feito na Escócia, com padrões muito parecidos quanto aos instrumentos de envelhecimento e maturação. São bebidas mais encorpadas e sabor mais intenso.

A diferença é o tipo de grão, Single Malt significa que o grão deve ser único, neste caso, a cevada maltada. Também exige-se que a produção seja feita em uma única destilaria, e maturado em alambique de cobre.

Blended Malt: Parecido com o que vimos até aqui, esse tipo é produzido na Escócia, mas pode trazer dois ou mais tipos de single malts. Possui como característica o sabor equilibrado e intenso. 

Bourbon: Este é o tipo de whisky com produção americana, um dos mais conhecido é o Bulleit Bourbon. Nas regras de produção, exige-se ao menos 51% de grão de milho, o que deixa o sabor mais doce, que é uma característica deste tipo, também são intensos no sabor e encorpados.

Além disso, não há tempo mínimo de envelhecimento, geralmente eles ficam entre 2 a 3 anos em barris de carvalho carbonizado. Os whiskys bourbon podem ser produzidos em qualquer região do território americano.

Tennessee: Também é um whisky produzido nos EUA, porém são feitos especificamente no estado do Tennessee. Além disso, passam por um processo de filtragem diferente, conhecido como Lincoln County Process, que nada mais é do que a filtragem em carvão, isso deixa a bebida mais suave que o whisky bourbon.

Rye: Outro tipo americano, este whisky segue o processo de produção é bem parecida com o bourbon, a diferença está na escolha do grão principal, que deve ser 51% ou mais de centeio, com sabor menos adocicado.

Conheça os Países que Produzem os Melhores Whiskys

Como vimos acima, os tipos de whiskys estão relacionados aos países de origem, mas não se apegue apenas aos Estados Unidos e Escócia na hora de escolher um bom destilado de whisky.

A verdade é que esses países são os que mais se destacam pela tradição na produção, já que possuem regras rígidas e padrões que não podem ser modificados. Além disso, são os pioneiros na produção da bebida.

Mas, temos ótimos whiskies irlandeses e japoneses que também entram para a disputa, outros países como Canadá, Austrália, Suécia, Taiwan, Índia e Alemanha também são ótimos produtores e exportadores da bebida! 

Tempo de Maturação: a Idade do Whisky

O envelhecimento do whisky é uma arte, assim como o vinho, que fica mais gostoso e saboroso com o passar do tempo, o destilado também segue esse critério. 

Porém, tudo depende da sua intenção com a bebida, se quer algo versátil, para fazer coquetéis ou tomar em uma festa mais descontraída com os amigos, não há motivo para abrir uma garrafa de 18 anos, não é? Então, seja criterioso. 

Quanto mais velho o whisky mais sabor ele terá, já que passou anos integrando as características do barril e dos ingredientes a ele acrescidos. Por isso, vinhos mais velhos são os melhores para degustação pura ou com gelo. Ideal para uma ocasião bem especial.

Os whiskys escoceses passam por um envelhecimento de no mínimo 3 anos, já os americanos em média 2 a 3 anos, sem muita obrigação de envelhecer. É comum ver whisky de 3, 6, 12 e 18 anos.

Notas de Sabor

O sabor é algo bem pessoal, tem gente que gosta de sabores frutados, outros preferem mais doces, e por aí vai…

Por isso, na hora de escolher é interessante conferir quais as notas de sabor (ou notas gustativas) são mais marcantes na bebida. 

Veja as notas de sabor mais comuns:

  • Frutado: banana, maçã, framboesa, morango, laranja ou cítrico, limão, pêssego, damasco, entre outras;
  • Floral: hibisco, jasmim, lírio, rosas…
  • Amadeirado: noz moscada, sândalo, carvalho, cedro…
  • Doces: chocolate branco, chocolate preto, caramelo, mel, baunilha… 
  • Especiarias: alecrim, canela, cravo, pimenta, anis…

Notas Aromáticas

As notas de sabor são aquelas que sentimos no paladar, mas também existem as notas olfativas ou aromáticas, ou seja, o cheiro da bebida.

De modo geral, as notas aromáticas são bem parecidas com as notas de sabor, podendo ser frutada, floral, amadeirada, doce ou de especiarias. Nem sempre o sabor e o aroma será o mesmo!

Outras Características do Destilado: Textura, Cor e Acabamento

Os mais experientes, podemos chamar experts, conseguem apreciar outras características da bebida, são detalhes que para um apreciador exigente faz toda a diferença. Conheça um pouco mais:

  • Textura do whisky: diz sobre o “corpo” da bebida, se é mais arredondado, seco, suave, macio, áspero, detalhes que dizem muito sobre o tempo de envelhecimento e teor alcoólico da bebida. 
  • Cor: Quanto mais escuro o whisky, provavelmente mais velho ele e mais sabor terá, certo? Na teoria sim, mas é preciso cuidado, já que algumas destilarias usam corantes na composição.
  • Acabamento: Longo, fino, médio… isso significa o gostinho final no paladar, se ele tem um final mais longo, significa que sente por mais tempo na boca, sendo possível apreciar com mais intensidade seu sabor.

Teor Alcoólico do Whisky

Os whiskys são bebidas fortes, assim como todo destilado. Fora do Brasil é possível encontrar garrafas com mais de 60% de gradação alcoólica.

Mas, conforme a legislação brasileira, por aqui os whiskys são vendidos entre 35% a 55% de teor alcoólico, o que já é suficiente para sentir a intensidade do álcool. Os whiskies mais conhecidos ficam entre 40% a 43% de graduação alcoólica.

Características da Garrafa: Volume e Design

Por último, mas não menos importante, confira as características da garrafa. Os whiskys mais nobres possuem garrafas com design bem exclusivo e que podem ser ótimos para presentear alguém, já que são mais requintados e passam uma sensação de elegância.

Um exemplo que vamos conhecer logo abaixo é a garrafa do Whisky Hibiki Suntory, ela traz 24 facetas que representam as 24 estações do calendário japonês, logo, não é só o sabor da bebida que conta, mas também a história e cultura impregnados na garrafa. 

Outro aspecto importante é o volume da garrafa, os whiskys normalmente trazem um volume que varia de 500 ml, 750 ml ou 1000 ml. Confira isso antes da compra para não se surpreender com a quantidade de bebida!

Lista dos Melhores Whiskys

Trouxemos os whiskys mais bem vendidos no Brasil, entre eles, temos origem escocesa, americana e japonesa. Cada um deles é bastante singular em aroma e sabor, compare e veja qual melhor se encaixa no que você busca:

1. Chivas Regal Whisky

Um dos melhores whiskys do mundo

O Chivas Regal Whisky é um dos melhores whiskys vendidos no Brasil e tem grande favoritismo por aqui. Já ganhou prêmios como o melhor do mundo e segue sendo uma bebida nobre que remete ao bom gosto e requinte dos apreciadores. 

São 18 anos de envelhecimento, o que lhe dá características únicas no sabor e uma cor âmbar escura intensa. No aroma pode-se perceber até 85 notas de sabor, destacam-se as notas de chocolate amargo, frutas secas e caramelo amanteigado e finalização defumada.

É um whisky Blended Escocês bastante tradicional em sua fabricação e exclusivo nas características, sendo harmônico, rico e suave no paladar. Conta com graduação alcoólica de 40% e volume de 750ml da garrafa.

Pode ser apreciado puro, com gelo ou em coquetéis. E para harmonizá-lo, pode ir muito bem com comidas mais encorpadas e temperadas, como salames, presuntos, carne de porco e queijos amarelos.

  • Volume: 750ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Escócia
  • Idade: 18 anos
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: 85 notas de sabor, toque de chocolate amargo, floral e um toque defumado
  • Notas olfativas: Frutas secas, especiarias e caramelo amanteigado
  • Características: Harmônico, rico e suave

Onde comprar:
Comprar no Amazon

2. Whisky Hibiki Suntory

Whisky japonês

O Whisky Hibiki Suntory é uma bebida japonesa, também nobre e de alta complexidade, com características muito únicas, devido a sua fabricação exclusiva, já que é envelhecido cinco tipos de barris, um deles é o Mizunara, que é um tipo de carvalho japonês raro.

Resulta em um whisky equilibrado, frutado e floral, tendo como notas de sabor: casca de laranja cristalizada com textura de mel e chocolate branco. No aroma: rosas, lichia de alecrim, madeira, sândalo e também toques de baunilha, canela, pimenta do reino e coco.

Complexo e ao mesmo tempo sutil e macio, com final longo, em que o sabor do álcool é bem incorporado e não tão perceptível, apesar de sua alta graduação alcoólica de 43%. 

O Whisky Hibiki Suntory possui conceito até na sua garrafa de 24 facetas, esse design representa as 24 estações do calendário tradicional japonês. Na parte superior possui uma linha roxa, simbolizando a nobreza japonesa.

  • Volume: 700ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Japão
  • Idade: sem indicação
  • Graduação alcoólica: 43%
  • Notas de sabor: Casca de laranja cristalizada com textura de mel e chocolate branco
  • Notas olfativas: Rosas, lichia de alecrim, amadeirada e sândalo
  • Características: Equilibrado, frutado e floral

Onde comprar:
Comprar no Amazon

3. Whisky Bulleit Bourbon

Whisky bourbon seco e picante

Um ótimo whisky americano, o Whisky Bulleit Bourbon é uma boa pedida para iniciantes na degustação ou para amantes de whiskys que desejam experimentar uma bebida de ótima fabricação e bom gosto.

O whisky segue a tradição da família Bulleit, produzido com água filtrada e pura, centeio, milho e cevada maltada, maturado em barris de carvalho carbonizado americano. A bebida é produzida em pequenos lotes, mantendo assim sua originalidade. 

Nas características, temos um whisky bem marcante, picante e seco, com final limpo e cor castanho-avermelhado. As principais notas de sabor que ressaltam na bebida são o carvalho doce, noz moscada, especiarias e caramelo, no aroma temos a presença de baunilha, mel e especiais.

Para harmonização desse bourbon, indicamos carnes sem gordura, como Filé Mignon. Tradicionalmente, bebe-se puro, mas também vai bem com algumas pedrinhas de gelo.

  • Volume: 750ml
  • Tipo: Bourbon
  • Origem: EUA
  • Idade: sem indicação
  • Graduação alcoólica: 45%
  • Notas de sabor: Suave de carvalho, noz moscada, especiarias e caramelo
  • Notas olfativas: Especiarias, mel e baunilha
  • Características: Seco e picante

Onde comprar:
Comprar no Amazon

4. Whisky Singleton Of Dufftown

Whisky Single Malt adocicado e frutado

O Whisky Singleton Of Dufftown é um autêntico Single Malt escocês, um tipo de whisky com base mais tradicional, já que, como o nome já diz, é puro malte. Possui características doce, suave, fresco e frutado

A destilaria The Singleton é uma das mais antigas, construída durante o reinado da rainha Victoria, e até hoje é de grande procedência, fabricando os melhores whiskys da região. Inclusive, esse whisky já foi muito premiado pela originalidade e sabor.

O The Singleton Of Dufftown conta com uma cor dourada profunda. No paladar, destacam-se as notas de frutas doces e melosas, principalmente a maçã, assim como sabor de nozes, baunilha, caramelo e especiarias. No aroma, notas de alcaçuz e especiarias, com final longo e doce.

Esse whisky é tradicionalmente servido com algumas pedras de gelo em um copo baixo, próprio para whisky. Para harmonizar, vale investir em presuntos, sobremesas de figo e saladas bem temperadas.

  • Volume: 750ml
  • Tipo: Single Malt
  • Origem: Escócia
  • Idade: 12 anos
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: Maçã assada, nozes e açúcar mascavo
  • Notas olfativas: Notas de alcaçuz e especiarias
  • Características: Balanceado, rico, suave, adocicado e frutado

Onde comprar:
Comprar no Amazon

5. Whisky Glenkinchie

Whisky fresco com notas florais

O Whisky Glenkinchie é um single malt scotch é um dos whiskies nobres e de alta procedência. A destilaria Glenkinchie foi fundada em 1825, também uma das mais antigas na produção da bebida. 

Envelhecido em barricas durante longos 12 anos, esse whisky apresenta sabor e complexidade. Nas notas de sabor é possível sentir o gosto de cereal fresco, uma leve doçura, com aroma floral. No final possui comprimento médio, com notas de cereal.

Este whisky vai bem em qualquer ocasião, especialmente em eventos especiais, agrada aos paladares mais exigentes até os menos experientes na degustação. Para servi-lo, basta uma ou duas pedras de gelo em copo baixo. 

  • Volume: 750ml
  • Tipo: Single Malt
  • Origem: Escócia
  • Idade: 12 anos
  • Graduação alcoólica: 43%
  • Notas de sabor: Cereal fresco, leve doçura, cevada e noz
  • Notas olfativas: Floral
  • Características: Fresco, suave e elegante

Onde comprar:
Comprar no Amazon

6. Whisky Buchanan’s Deluxe

Whisky blended escocês tradicional

O Whisky Buchanan’s Deluxe é um whisky de 12 anos de envelhecimento, um autêntico whisky escocês blended com sabor adocicado. Leva em sua composição ingredientes selecionados e de ótima qualidade, com malte envelhecido e destilado alcoólico de cereais não maltados.

No paladar apresenta sabor doce de açúcar demerara, baunilha, frutas e calda de caramelo, podendo perceber um final progressivamente seco e esfumaçado. Possui característica de whisky leve, suave e refinado.

A destilaria de James Buchanan’s existe desde 1884 e foi consagrada como fornecedor oficial de whisky do parlamento britânico, ressaltando a sua nobreza e boa qualidade. 

A garrafa possui volume de 1000ml e teor alcoólico de 40%. Para degustá-lo, pode servir puro, com gelo ou em coquetéis. Acompanha muito bem carnes vermelhas, massas com molho e demais comidas bem temperadas. 

  • Volume: 1000ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Escócia
  • Idade: 12 anos
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: adocicado, açúcar demerara, baunilha, frutas, calda de caramelo, final progressivamente seco e esfumado
  • Notas olfativas: não especificado
  • Características: Leve, suave e refinado

Onde comprar:
Comprar no Amazon

7. Whisky Jack Daniels Tennessee Old nº7

Whisky mais popular 

Impossível falar de whisky sem falar de Jack Daniel´s, que hoje é um dos mais populares no mundo e uma grande referência aqui no Brasil. Se você quer uma bebida coringa para agradar, sem dúvida essa é uma excelente opção.

Este whisky é feito na região de Tennessee, nos Estados Unidos, e se difere dos Bourbon americanos tradicionais, já que passa pelo processo de filtragem a 3 metros de carvão de madeira de bordo, o que deixa uma característica de suavidade no whisky.

O whisky segue a um padrão rigoroso de fabricação, o que lhe fez ganhar sete medalhas de ouro internacionais, também  já foi eleito o melhor do mundo e segue até hoje sendo um sucesso em vendas. 

O sabor suave destaca-se notas frutadas de banana, baunilha e caramelo, com notas aromáticas parecidas com o sabor, tem como característica a suavidade, gosto marcante e frutado.

A bebida pode ser apreciada de diversas formas, mas a mistura de Jack Daniel´s com coca-cola e gelo é um drink clássico que vale a pena experimentar. Harmoniza muito bem com grelhados e defumados, salmão e queijos fortes.

  • Volume: 1000ml
  • Tipo: Bourbon Tennessee
  • Origem: EUA
  • Idade: sem indicação
  • Graduação alcoólica: 43%
  • Notas de sabor: Sabor frutado e com notas de caramelo
  • Notas olfativas: Baunilha, banana, leveduras e milho
  • Características: Suave, marcante e frutado

Onde comprar:
Comprar no Amazon

8. Whisky Old Parr

Harmoniza bem com churrasco

Está em busca de um bom whisky blend para o churrasco com os amigos? O Whisky Old Parr Aged 12 years é o mais indicado. Um whisky deluxe, próprio para amantes da bebida e também amadores na degustação.

Esse destilado também tem história, pois o fundador da destilaria, Thomas Parr, foi reconhecido pelo Rei Charles I como homem mais velho da Inglaterra. Essa característica também conceitua o whisky, sendo reconhecido como uma bebida de boa maturidade e tradição.

Envelhecido por 12 anos, temos um whisky com gosto bastante presente, denota-se no sabor notas de framboesa e baunilha, assim como suas notas aromáticas. Possui cor dourada intensa, devido aos anos de maturação e é encorpado.

Para harmonizar, um churrasco vai muito bem, pode servi-lo puro, com algumas pedras de gelo ou em drinks de sua preferência.

  • Volume: 1000ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Escócia
  • Idade: 12 anos
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: Aveludado, cremoso e com notas profundas
  • Notas olfativas: Framboesa, adocicado com notas de baunilha
  • Características: Equilibrado e frutado

Onde comprar:
Comprar no Amazon

9. Whisky Ballantines

Bom custo-Benefício

O Whisky Ballantines é um blended scotch tradicional de alta qualidade e sabor incomparável. Produzido com grãos selecionados vindos de quatro regiões da Escócia, o ressalta a qualidade e boa procedência da bebida.

No sabor é possível sentir um gosto frutado, adocicado e com leve gosto de mel, bastante equilibrado e cremoso. O whisky segue padrões rígidos e tradicionais em sua fabricação, o que também agrega qualidade em cada garrafa produzida. 

O custo-benefício é uma ótima vantagem, para iniciantes na arte de degustação de whisky, este é, sem dúvida, uma excelente escolha.

Além disso, é fácil de harmonizar, também vai muito bem com churrasco, frutos do mar e sobremesas, praticamente um coringa para qualquer ocasião. Ele é bastante apreciado em coquetéis como Rob Roy e muitos outros. 

  • Volume: 1000ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Escócia
  • Idade: 12 anos
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: notas de mel e caramelo
  • Notas olfativas: aroma frutado e adocicado
  • Características: Equilibrado e cremoso

Onde comprar:
Comprar no Amazon.com.br

10. Whisky Johnnie Walker Red Label

Favorito para coquetéis

Bastante conhecido aqui no Brasil, o Whisky Johnnie Walker Red Label é um sucesso em vendas no mundo todo. Se você quer algo versátil para drinks e coquetéis, pode contar com esse whisky.

O Red Label é de produção escocesa, uma autêntico blended scotch, possui sabor intenso e vibrante, com final esfumaçado e sofisticado. Nas notas gustativas podemos sentir uma leve doçura frutada e sabor de especiarias como canela e pimenta.

O Whisky Johnnie Walker Red Label possui coloração clara, já que não é tão envelhecido, sendo maturado em barris de carvalho por aproximadamente 3 anos. É destilado de álcool simples de malte envelhecido e cereais não maltados.

Ele é versátil para aproveitar ocasiões com amigos, vai muito bem em drinks de frutas, como Red Highball citrus e muitos outros!

  • Volume: 1000ml
  • Tipo: Blended
  • Origem: Escócia
  • Idade: sem indicação
  • Graduação alcoólica: 40%
  • Notas de sabor: doçura frutada, canela e pimenta
  • Notas olfativas: maçã fresca, pêra e especiarias
  • Características: Picante, intenso e esfumaçado

Onde comprar:
Comprar no Amazon

Dúvidas Frequentes Sobre os Melhores Whiskys

Uma bebida tão nobre e mundialmente popular possui várias singularidades, desde sua origem, história, meios de produção e degustação, conheça um pouco mais sobre o destilado e descubra as melhores maneiras de apreciar a bebida. Veja abaixo as perguntas mais frequentes de nossos leitores.

Qual a Origem do Whisky?

Você sabia que o whisky, antes de ser o que é hoje, era um medicamento para varíola? Parece estranho, mas muitos destilados começaram assim… como remédio. Ele era conhecido antigamente como “uisge beatha”, que na tradução é algo como “água da vida”, até ficar conhecido como whisky ou uísque.

Mas isso mudou quando os camponeses da região da Escócia e da Irlanda aprenderam um segredo especial: a maturação e o envelhecimento da bebida, dando mais sabor e corpo ao whisky. 

Depois do século XV o whisky tornou-se popular por toda Europa, onde começou a se aprimorar, com melhor seleção de grãos e ingredientes de melhor qualidade, além de técnicas especiais de produção, dando as características que conhecemos hoje.

A partir de 1700 a produção tornou-se mundial, foi aí que EUA e Japão começaram a testar técnicas próprias a partir de suas especialidades e matérias-primas disponíveis, assim como os demais países. 

Como é Feito o Whisky?

A fabricação de whisky é bem complexa, passa por várias fases, desde colheita e seleção de ingredientes, passando por vários processos que resultam nessa bebida tão singular. 

Conheça quais são os principais processos de produção do whisky:

  • Seleção de ingredientes: O whisky é feito com alguns ingredientes básicos: água, grãos de cereais e leveduras. A água deve ser a mais pura possível e os grãos são selecionados conforme a preferência de sabor e tipo de bebida, pode ser centeio, trigo, milho e cevada maltada. Já as leveduras são um tipo de fungo que farão a fermentação.
  • Maltagem: Na maltagem os cereais são imersos à água, onde serão germinados, estando prontos para sua conversão em açúcar. Após obter o malte, ele é secado e separado e moído para o próximo processo.
  • Brassagem: Nesse processo o malte é aquecido, acaba se dissolvendo e formando o “mostro”, um líquido concentrado em níveis de açúcar. 
  • Fermentação: A fermentação é o processo que transforma o açúcar em álcool, para isto, o “mostro” é levado para tonéis onde são acrescidas as leveduras. Lá o líquido é fermentado em temperatura e tempo ideais até atingir a capacidade máxima de álcool.
  • Destilação: A destilação é a uma verdadeira alquimia, em que álcool e água são separados, para isso, utiliza-se ferramentas especiais de destilação, o líquido é fervido e o vapor do álcool é separado para a condensadora.
  • Maturação: A maturação é o processo de envelhecimento, em que o líquido agrega sabores, corpo e características próprias, conforme as características dos barris e ingredientes. Alguns chegam a ficar 70 anos neste processo, podendo ou não ocorrer a troca de barril.
  • Engarrafamento: Na finalização o whisky ganha os retoques finais, é ajustado o teor alcoólico e a cor, algumas destilarias optam por colocar um pouco mais de água e corantes que darão a tonalidade caramelo à bebida.

Todo Whisky Deve Ser Envelhecido?

Na verdade não, os whiskys escoceses são os mais conhecidos por passarem por processos longos de envelhecimento. Mas, essa não é uma regra, muitos whiskys americanos, por exemplo, ficam pouco tempo em barris.

Se os barris forem de boa qualidade, pode-se obter um whisky jovem tão saboroso quanto aqueles que ficam longos anos em barris de menor qualidade!

Whisky Envelhece na Garrafa?

Esse é um verdadeiro mito, pois o processo de envelhecimento se dá a partir do contato do destilado com o barril de carvalho. As características da madeira é que darão cor e sabor à bebida. Portanto, na garrafa é impossível que o whisky agregue características neste sentido.

Como Conservar o Whisky em Casa?

Para conservar uma garrafa de whisky em casa é preciso colocá-la em local que não receba luz direta do sol e nem temperatura muito elevada. Mantenha em posição vertical que evita o contato com a rolha.

Após aberto o whisky não estraga tão facilmente, isso é uma característica das bebidas destiladas. Contudo, com o passar do tempo, é normal que ele perca um pouco da sua graduação alcoólica, mas não chega a estragar fácil. 

Como Degustar o Whisky?

A maneira mais tradicional de degustação do whisky é puro, especialmente se for uma bebida envelhecida e rica em sabor. Para degustar, prefira copos baixos e largos, que são os mais recomendados para assentamento da bebida.

Outra forma bastante comum é o uso de 1 ou 2 pedras de gelo, isso ajuda a diluir a concentração de álcool da bebida, também pode ressaltar alguns sabores, especialmente o defumado, mas pode diminuir o sabor de bebidas frutadas e aromáticas.

O whisky também é uma bebida versátil e é muito comum utilizá-la como base para coquetéis. Existem alguns drinks clássicos, como Old fashioned, Manhattan, Rickey (whiskey) e muitos outros. 

Também existe uma combinação mais contemporânea e simples de whisky (preferencialmente Jack Daniel ‘s) com Coca-cola. Fácil de fazer em casa, também pode acrescentar rodelas de laranja e gelo. 

Como Fazer o Old Fashioned

O Old Fashioned é um dos drinks mais antigos do mundo, muito simples de fazer e tem como base o whisky.

Ingredientes:

  • 1 dose (30 ml) de whisky Bourbon
  • 10 ml de xarope de açúcar (também pode ser 1 cubo de açúcar)
  • 2 gotas de bitter Angostura
  • 1 fatia de laranja ou cereja fresca
  • 2 pedras de gelo

Modo de preparo:

Em um copo próprio de whisky coloque o xarope ou cubo de açúcar e misture bem com o bitter. Depois basta colocar a dose de whisky e finalizar com uma fatia de laranja ou cereja.

Como Harmonizar o Whisky?

Cada tipo de whisky requer um tipo de harmonização, mas, no geral, os whiskys vão bem com queijos, presuntos, petiscos, carnes e frutos do mar.

Quanto mais intenso o whisky, como Single Malt, por exemplo, a combinação fica melhor com comidas condimentadas, como queijos amarelos, presuntos e saladas picantes. 

Já os mais suaves, como Blended, combinam com carnes brancas, como frango e salmão, por exemplo, assim como queijos brancos.

Para acompanhar doces e sobremesas, prefira os whiskys Bourbon, que também vão bem com frutas, carnes magras e saladas. Whiskys aromáticos também vão bem com sobremesas e frutas.

Qual o Melhor Whisky?

O gosto é algo muito particular, mas, julgando pelas características de processo e exclusividade no sabor, em nossa lista o Chivas Regal Whisky é o que mais se destaca. Este whisky é envelhecido por 18 anos e possui sabor único, com 85 notas de sabor e aroma, o que faz dele um dos melhores do mundo. 

Qual é o Whisky Mais Gostoso?

Sabor é algo muito particular de cada pessoa, porém, considerando sabor e experiência o melhor seria o Chivas Regal. Ele ganha um destaque especial tanto pelo tempo de envelhecimento quanto pela complexidade do sabor.

Qual o Melhor Whisky Chivas ou Jack Daniels?

Por mais que seja algo muito particular de cada pessoa, mas devido a exclusividade e processos, com certeza o maior destaque vai para o Chivas Regal. Ele não é apenas um whisky e sim uma verdadeira experiência.

Qual o Melhor Whisky Chivas ou Old Parr?

De acordo com a ocasião um será melhor que o outro. Para ocasiões mais sofisticadas o melhor é o Chivas Regal, já para um churrascão o Old Parr irá te fornecer ótimas notas para combinar com a ocasião.

Qual o Whisky Mais Procurado?

O whisky mais procurado pelos consumidores é o clássico Johnnie Walker Red Label. Ele se destaca por pelo seu ótimo custo benefício.

Qual é o Whisky Mais Suave?

O whisky que mais se destaca entre os consumidores por sua suavidade é o Chivas Regal. Outro whisky que também é bem conhecido por sua suavidade é o Johnnie Walker Blue Label.

Qual o Melhor Chivas ou Red Label?

Sem dúvidas o Chivas Regal possui um sabor, aromas e sofisticação superiores ao Johnnie Walker Red Label.

Conclusão

Agora você já é quase um expert em whiskys, falta provar e sentir o verdadeiro aroma e sabor dessa bebida tão única. Como acabamos de conhecer, o destilado passa por muitos processos e cada garrafa pode apresentar singularidades próprias. 

Escolha de acordo com a ocasião, se deseja algo versátil, para drinks, prefira os whiskys mais jovens. Mas, se quiser sentir o sabor intenso e puro do whisky, vale a pena optar por uma bebida envelhecida e que passa por processos mais rigorosos em sua produção. Boa degustação!

Redação: Beatriz Cavalheiro / Revisão: Lucas Sertori / Atualização: Lucas Sertori

WhatsApp As melhores promoções estão na nossa comunidade de WhatsApp WhatsApp Entre Agora

*O seuencanto pode receber comissões pelas vendas realizadas através dos links divulgados em nossas páginas.
*Todas as informações dos produtos listados foram retiradas dos sites dos fabricantes, sites de vendas, etc.

Avatar photo
Olá, sou Lucas Sertori e é um prazer ter você aqui no Seu Encanto, seu espaço online para tudo que envolve beleza, saúde e bem-estar. Sou um apaixonado por escrita e me dedico a ir a fundo em cada tópico que trago para você, sempre com o objetivo de oferecer o melhor conteúdo possível. Além disso, gerencio o site Marketfacil e atuo como secretário da AVMBR.