Probióticos: O Que São, Como Tomar e Benefícios

Na busca constante por uma vida saudável e equilibrada, a cada dia surgem novos termos e recomendações. Entre eles, os probióticos ganharam notoriedade e estão sendo cada vez mais pesquisados e indicados por profissionais de saúde. Mas afinal, o que são os probióticos?

Os probióticos são organismos vivos, geralmente bactérias benéficas, que contribuem para a saúde do nosso intestino. Eles podem ser encontrados em alimentos fermentados, como iogurte e chucrute, e também estão disponíveis como suplementos dietéticos.

Mas como algo tão pequeno pode ter um impacto tão grande na nossa saúde? Vamos desvendar esse mistério passo a passo.

O Que São Probióticos?

Os probióticos são essencialmente bactérias benéficas que vivem em nosso intestino. Mas não se assuste! Embora muitas vezes associemos bactérias a doenças, nosso corpo é na verdade lar de uma infinidade de bactérias diferentes, muitas das quais são incrivelmente benéficas para nossa saúde.

Essas bactérias, junto com outros microrganismos como fungos, compõem o que é conhecido como microbioma intestinal. Este ecossistema complexo e delicadamente equilibrado tem um papel fundamental na nossa saúde, afetando tudo, desde a digestão até o nosso humor.

Os probióticos, sendo parte desse ecossistema, podem ter uma variedade de efeitos positivos em nosso corpo. Eles podem ajudar a melhorar a digestão, fortalecer o sistema imunológico e até mesmo melhorar a saúde mental.

Como os Probióticos Funcionam?

Entender como os probióticos funcionam é uma tarefa complexa, pois os efeitos podem variar dependendo do tipo específico de probiótico. Além disso, os probióticos podem ter efeitos diferentes em pessoas diferentes, devido às diferenças individuais em nossos microbiomas intestinais.

Diferentes Tipos de Probióticos

Existem muitos tipos diferentes de probióticos, cada um com suas próprias características e benefícios. Alguns dos tipos mais comuns incluem as espécies de Lactobacillus e Bifidobacterium.

Lactobacillus

O gênero Lactobacillus compreende várias espécies diferentes, cada uma com suas próprias características e benefícios. Aqui estão alguns dos mais comuns:

  1. Lactobacillus acidophilus: Esta é provavelmente a espécie mais conhecida de Lactobacillus. Ela é frequentemente usada em suplementos probióticos e em alimentos como o iogurte. Ela tem sido associada à melhora da digestão da lactose, saúde vaginal e alívio dos sintomas da síndrome do intestino irritável.
  2. Lactobacillus rhamnosus: Esta espécie tem sido estudada por seus efeitos positivos na saúde intestinal e no sistema imunológico. Ela tem sido usada para tratar a diarreia em crianças e também pode ajudar na perda de peso.
  3. Lactobacillus plantarum: Esta espécie é comumente encontrada em alimentos fermentados, como o chucrute e o kimchi. Ela tem sido associada à melhora da saúde intestinal, fortalecimento do sistema imunológico e até mesmo à redução do estresse e da ansiedade.

Bifidobacterium

Assim como o Lactobacillus, o gênero Bifidobacterium inclui várias espécies diferentes. Aqui estão algumas das mais conhecidas:

  1. Bifidobacterium bifidum: Esta espécie é uma das primeiras a colonizar o intestino de bebês saudáveis. Ela tem sido associada à melhora da digestão, saúde do sistema imunológico e pode até mesmo ajudar na saúde mental.
  2. Bifidobacterium longum: Esta é uma das espécies mais comuns de Bifidobacterium encontradas no intestino humano. Ela tem sido associada à melhora da saúde intestinal, redução da inflamação e alívio do estresse e da ansiedade.
  3. Bifidobacterium breve: Esta espécie tem sido estudada por seus efeitos positivos na saúde intestinal e no sistema imunológico. Ela pode ajudar a aliviar os sintomas da síndrome do intestino irritável e pode também ter efeitos benéficos na pele.

Saccharomyces boulardii

A Saccharomyces boulardii é uma levedura probiótica que tem sido usada para prevenir e tratar a diarreia associada a antibióticos. Além disso, ela pode melhorar a saúde intestinal e fortalecer o sistema imunológico.

Esta levedura também tem sido usada para tratar uma variedade de outras condições, como a diarreia do viajante e a doença inflamatória intestinal.

Benefícios dos Probióticos

Os probióticos têm uma ampla gama de benefícios à saúde, muitos dos quais estão ligados à sua capacidade de restaurar e manter o equilíbrio do microbioma intestinal. Vamos dar uma olhada em alguns dos benefícios mais notáveis.

Benefícios para a Saúde Digestiva

Um dos benefícios mais conhecidos dos probióticos é a melhoria da saúde digestiva. Os probióticos têm sido associados à melhora de condições como a síndrome do intestino irritável, doença inflamatória intestinal e diarreia associada a antibióticos. Eles também podem ajudar a melhorar a digestão e a absorção de nutrientes.

Benefícios para o Sistema Imunológico

O sistema imunológico é complexo e influenciado por muitos fatores, incluindo a saúde do nosso intestino. Os probióticos têm se mostrado úteis em fortalecer o sistema imunológico, ajudando a combater infecções e doenças.

Outros Benefícios à Saúde

Os probióticos também têm sido associados a outros benefícios à saúde, como melhorar a saúde da pele, auxiliar na perda de peso e até mesmo melhorar a saúde mental. Além disso, algumas pesquisas sugerem que os probióticos podem desempenhar um papel na redução do risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas e diabetes.

Probióticos vs. Prébióticos

Enquanto os probióticos são microrganismos vivos que beneficiam nosso organismo, os prébióticos são substâncias alimentares que servem como combustível para os probióticos. Em outras palavras, os prébióticos são os alimentos que nossas bactérias intestinais benéficas gostam de comer.

Alimentos ricos em fibras, como frutas, legumes, grãos inteiros e leguminosas, são ótimas fontes de prébióticos. Incorporar esses alimentos em sua dieta pode ajudar a promover a saúde do seu microbioma intestinal.

Probióticos em Diferentes Fases da Vida

Agora vamos conhecer um pouco sobre os probióticos em diferentes fases da vida

Probióticos em Crianças

Os probióticos podem ser especialmente benéficos para crianças, pois elas ainda estão desenvolvendo seu microbioma intestinal. Eles podem ajudar a prevenir e tratar condições como diarreia, cólica e eczema. No entanto, é importante consultar um pediatra antes de dar probióticos a uma criança.

Probióticos em Adultos

Os probióticos podem oferecer uma variedade de benefícios para a saúde em adultos, contribuindo para uma melhor digestão, fortalecimento do sistema imunológico e manutenção da saúde geral.

A ingestão regular de probióticos pode ajudar a equilibrar a flora intestinal, que pode ser prejudicada devido ao estilo de vida moderno, caracterizado por uma alimentação desequilibrada e altos níveis de estresse.

Os probióticos também podem desempenhar um papel na manutenção do peso saudável. Algumas pesquisas sugerem que eles podem ajudar na perda de peso e na redução do índice de massa corporal (IMC).

Além disso, existem evidências crescentes que sugerem que um intestino saudável pode estar diretamente ligado à saúde mental. Alguns estudos indicam que os probióticos podem beneficiar pessoas com depressão e ansiedade.

Probióticos na Gravidez

A gravidez é outro período em que os probióticos podem ser particularmente úteis. Além de auxiliar na saúde digestiva, há evidências de que os probióticos podem ajudar a prevenir complicações na gravidez, como a pré-eclâmpsia e o parto prematuro. Como sempre, as grávidas devem consultar seus médicos antes de iniciar qualquer novo suplemento.

Probióticos em Idosos

Com o envelhecimento, ocorrem mudanças na composição do microbioma intestinal que podem afetar a saúde do indivíduo. Os probióticos podem ajudar a manter a saúde intestinal e o sistema imunológico em idosos, além de prevenir a diarreia associada ao uso de antibióticos. Como sempre, é essencial que os idosos consultem seus médicos antes de iniciar a suplementação com probióticos.

Como Tomar Probióticos

Existem várias formas de incorporar probióticos à sua rotina de saúde. A escolha do probiótico certo para você dependerá de suas necessidades e objetivos de saúde específicos.

Veja também nosso artigo: Melhor Probiótico: Veja as Melhores Opções para Comprar e Seus Benefícios

Escolhendo o Probiótico Certo

Escolher o probiótico certo depende do seu objetivo de saúde específico. Para a saúde intestinal geral, uma variedade de Lactobacillus e Bifidobacterium pode ser benéfica. No entanto, para condições específicas, como a Síndrome do Intestino Irritável (SII) ou diarreia associada a antibióticos, um tipo específico de probiótico pode ser mais eficaz. Consultar um profissional de saúde pode ajudá-lo a escolher o probiótico mais adequado.

Quando Tomar Probióticos

Os probióticos podem ser tomados em qualquer momento do dia. No entanto, alguns especialistas sugerem que é melhor tomar probióticos com uma refeição ou pouco antes de comer. Isto pode ajudar a proteger os probióticos dos ácidos do estômago, permitindo que mais deles cheguem intactos ao intestino.

Quantidade de Probióticos

A quantidade de probióticos que você deve tomar pode variar dependendo do produto e da sua saúde. Em geral, uma dose diária de um bilhão a dez bilhões de UFC (Unidades Formadoras de Colônia) é considerada eficaz para a maioria dos adultos saudáveis. No entanto, para condições específicas, pode ser necessário um número maior de UFC. É sempre melhor consultar um profissional de saúde para orientação sobre a dosagem adequada.

Tomando Probióticos com Alimentos

Alguns probióticos podem ser mais eficazes quando tomados com alimentos. Alguns estudos mostram que tomar probióticos com uma refeição ou até 30 minutos antes de uma refeição pode melhorar a sobrevivência dos probióticos ao ácido do estômago.

Dicas de Uso

A maioria dos probióticos deve ser tomada com alimentos para ajudar a proteger as bactérias do ácido do estômago. Além disso, é sempre uma boa ideia começar com uma dose menor e aumentar gradualmente conforme seu corpo se acostuma com o novo suplemento.

Probióticos em Alimentos

Os probióticos também podem ser obtidos através de alimentos fermentados. Esses alimentos não só fornecem probióticos, mas também contêm uma variedade de outros nutrientes que podem contribuir para a saúde.

Alimentos ricos em probióticos incluem iogurte, kefir, chucrute, kimchi, kombucha e certos tipos de queijo, como gouda, mozzarella e cheddar.

Conclusão

Os probióticos são uma parte vital da nossa saúde. Eles contribuem para a saúde do nosso intestino, fortalecem o sistema imunológico e podem ter uma variedade de outros benefícios à saúde. Seja através de alimentos ou suplementos, a incorporação de probióticos em sua rotina de saúde pode ter benefícios de longo alcance.

Perguntas Frequentes Sobre Probióticos

Veja algumas das perguntas frequentes sobre probióticos.

Os probióticos podem causar efeitos colaterais?

Embora geralmente seguros, os probióticos podem causar desconforto gastrointestinal em algumas pessoas, especialmente quando tomados pela primeira vez.

Qual é a melhor hora para tomar probióticos?

Geralmente é melhor tomar probióticos com alimentos, a menos que instruído de outra forma pelo seu profissional de saúde.

Posso tomar probióticos todos os dias?

Sim, os probióticos são seguros para uso diário. No entanto, é sempre uma boa ideia consultar seu profissional de saúde antes de começar qualquer novo suplemento.

Posso obter probióticos suficientes apenas através dos alimentos?

Embora os alimentos possam fornecer probióticos, alguns podem achar que precisam de suplementos para obter benefícios ótimos.

Os probióticos podem ajudar com a perda de peso?

Pesquisas mostram que os probióticos podem auxiliar na perda de peso, mas é sempre importante combinar o uso com uma dieta saudável e exercícios físicos.

Referencias

  1. Hill, C., Guarner, F., Reid, G., Gibson, G. R., Merenstein, D. J., Pot, B., Morelli, L., Canani, R. B., Flint, H. J., Salminen, S., Calder, P. C., & Sanders, M. E. (2014). The International Scientific Association for Probiotics and Prebiotics consensus statement on the scope and appropriate use of the term probiotic. Nature Reviews Gastroenterology & Hepatology, 11(8), 506–514.
  2. Slavin, J. (2013). Fiber and Prebiotics: Mechanisms and Health Benefits. Nutrients, 5(4), 1417–1435.
  3. Sanders, M. E., Merenstein, D. J., Reid, G., Gibson, G. R., & Rastall, R. A. (2019). Probiotics and prebiotics in intestinal health and disease: from biology to the clinic. Nature Reviews Gastroenterology & Hepatology, 16(10), 605–616.
  4. Azad, M. A. K., Sarker, M., & Wan, D. (2018). Immunomodulatory Effects of Probiotics on Cytokine Profiles. BioMed Research International, 2018, 8063647.
  5. Collado, M. C., Rautava, S., Aakko, J., Isolauri, E., & Salminen, S. (2016). Human gut colonisation may be initiated in utero by distinct microbial communities in the placenta and amniotic fluid. Scientific Reports, 6, 23129.
  6. Szajewska, H., & Kołodziej, M. (2015). Systematic review with meta-analysis: Saccharomyces boulardii in the prevention of antibiotic-associated diarrhoea. Alimentary Pharmacology & Therapeutics, 42(7), 793–801.

*O seuencanto pode receber comissões pelas vendas realizadas através dos links divulgados em nossas páginas.
*Todas as informações dos produtos listados foram retiradas dos sites dos fabricantes, sites de vendas, etc.

Avatar photo
Olá, sou Lucas Sertori e é um prazer ter você aqui no Seu Encanto, seu espaço online para tudo que envolve beleza, saúde e bem-estar. Sou um apaixonado por escrita e me dedico a ir a fundo em cada tópico que trago para você, sempre com o objetivo de oferecer o melhor conteúdo possível. Além disso, gerencio o site Marketfacil e atuo como secretário da AVMBR.